domingo, 11 de novembro de 2007

TE AMO

Me abrace forte e diga que me quer
e, por favor, aquece a minha cama
eu farei tudo que pedires, se puder
só para ouvir-te dizer que ainda me ama.

Se me amas, por Deus, me fale agora
não ocultes de mim, esta verdade
se não amas, diga, eu irei embora
e me entregarei aos braços da saudade.

Se exiges, falo eu primeiro
e me entrego para ti, querida
de corpo e alma,... por inteiro
em tuas mãos coloco a minha vida.

São teus meu desejo e meu carinho
meu sonho de amor é teu também
não encontro na vida outro caminho
pois te amo como nunca amei ninguém!

Rui - Nov/2007

Um comentário:

OTIMOCARATER disse...

Olá meu amigo RUI
Parabéns, linda poesia. Que vc. consiga e continue sendo sempre ser esse ser humano romântico.
Um abração,
HUMBERTO